segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Body Art

Body Art é uma manifestação das artes visuais onde o corpo do artista é utilizado como suporte ou meio de expressão.Sua comunicação com o público se dá através de performance ou documentação, por meio de videos ou fotografia.


Abaixo alguns exemplos de artista, que utilizei para ilustrar este conceito:





Antes de partir para a pintura no corpo propriamente dita, elaborei uma atividade onde as crianças fizeram intervenções com hidrocor em imagens de pessoas retiradas de revistas:






Na aulas seguintes utilizamos tinta guache para fazer pintura no braço:







Depois de usar os braços como suporte, as crianças fizeram arte no próprio  rosto, utilizando uma tinta especial para isso, da Faber Castell:







terça-feira, 8 de novembro de 2011

Light Paint

Light paint que, traduzindo literalmente, seria pintura com luz é uma técnica na fotografia que consiste em mover rapidamente uma fonte luminosa diante da câmera durante uma longa exposição. Pode-se mover a câmera também para conseguir outro tipo de resultado, mas a idéia geral é de movimentos interessantes com a luz – riscos, formas, desenhos definidos – ou uma luz peculiar que dá um efeito diferente à imagem.





Essa técnica já existe há algum tempo. Em 1949, Picasso criou alguns desenhos usando uma pequena lanterna em uma sala escura.







Essa é uma técnica que pode ser trabalhada facilmente com as crianças. O uso de lanternas, uma câmera digital e um local pouca luz, é o suficiente para garantir ótimos experimentos. 
Nas primeiras aulas, tentamos fazer "light paint" em uma sala, onde mesmo fechada, havia entrada de luz, o resultado ficou bastante interessante, neste caso as crianças aparecem nas fotos junto com as luzes.










Nas aulas seguintes conseguimos um espaço onde não havia luz alguma. Neste caso, só foi possível capturar o movimento que as crianças fizeram com as luzes.














terça-feira, 18 de outubro de 2011

Land Art

Land Art, também conhecida como Earth Art ou Earthwork é o tipo de arte em que o terreno natural, em vez de prover o ambiente para uma obra de arte, é ele próprio trabalhado de modo a integrar-se à obra.
É um tipo de arte que, por suas características, não é possível expor em museus ou galerias (a não ser por meio de fotografias).
(Texto: Wikipédia)

 Para desenvolver um trabalho de Land Art com os alunos houve a necessidade de que as crianças absorvessem o principio desse tipo de arte. Para isso utilizei algumas imagens de obras:











Apresentei alguns nomes de artistas , como por exemplo Christo, que ficou mundialmente conhecido por embrulhar monumentos , parques e até ilhas:



Os alunos também tiveram a oportunidade de experimentar land Art. Para isso elaborei aulas de campo, as quais saímos do espaço da escola em direção a pontos específicos da cidade de João Pessoa, onde pudéssemos estar em contato direto com a natureza, como o Parque Arruda Câmera (Bica) e a praia de Cabo Branco.

Turminha animada.

Procurando o espaço para fazer intervenções.

Hora de produzir.

Construímos objetos com galhos e barbante colorido.

Trama de barbante azul entre as árvores.

Desenho com folhas.

Envolvendo troncos com fita de cetim.

Atividade "desenho das ondas".

Com tinta guache no papel, as crianças esperaram o movimento das ondas para fazer um registro.

Mão na "massa".

Construções feitas de areia

Figura humana

rastros

Espirais de areia.

Além de conhecer e vivenciar novas possibilidades de fazer arte, os alunos tiveram momentos prazerosos e inesquecíveis.